Passaporte Fashionista

Blog de Moda Passaporte Fashionista

Diretamente de Paris

OS DESIGNERS DE MODA E SUAS CORES PREFERIDAS

Andrea Furco
Paris, 21/06/2019

Confira os artistas que influenciaram e inspiraram os designers de moda mais renomados do mundo fashion e suas criações.

Schiaparelli

Muito além do que ditar as tendências da próxima estação, os grandes designers de moda são responsáveis por criar toda uma atmosfera em volta dos looks desenvolvidos para suas coleções e para as grifes, imprimindo, muitas vezes, traços de suas personalidades, gostos e estilos, sendo a cor uma dessas características também. Além disso, ter uma cor específica tem auxiliado na identificação da marca/criação, o que tem se tornado uma estratégia por parte de muitas maisons e estilistas.

Entre os designers de moda pioneiros ao ter uma cor para chamar de sua, está a estilista Elsa Schiaparelli. Visionária, a designer italiana criou, em 1937, um tom de rosa único e que era visto frequentemente em suas criações. A cor, que era muito chamativa e peculiar para a época, acabou ganhando o nome de rosa “shocking”, sendo uma das maiores assinaturas da designer e da sua grife.

Coco Chanel

Se de um lado Schiaparelli impressionou o mundo da moda com o seu rosa shocking, Coco Chanel trouxe mais sofisticação e elegância ao criar o “pretinho básico”. A designer também foi quem popularizou o uso do dourado nas joias, roupas e acessórios. O contraste entre o preto e o branco também se tornou presente nas suas coleções, revelando o brilho e a pureza da mulher, como Coco Chanel dizia, já que uma cor não poderia existir sem a outra. O bege e o vermelho também sempre tiveram muito presentes em todo o trabalho realizado por Coco Chanel, a qual não abria mão de um lindo batom vermelho.

Valentino Garavani

Maior divulgador da cor vermelha – presente em todas as suas coleções – o designer de moda italiano Valentino Garavani adotou o tom como marca registrada da sua casa de moda e foi graças a ele que o vermelho entrou para a lista das cores mais elegantes dos mais variados segmentos. Para ele, “uma mulher vestida de vermelho está sempre magnífica; ela é, no meio da multidão, a imagem perfeita da heroína.” Entre as fãs do designer de moda e do seu Vermelho Valentino estão Sophia Loren, Elizabeth Taylor, Audrey Hepburn, Jackie O., além de Julia Roberts e Anne Hathaway, que desfilou pelo red carpet ao lado do estilista no Oscar 2011, vestindo um vintage criado por ele para a coleção do inverno 2002.

Kenzo Takada

Já em 1970, o estilista japonês Kenzo Takada inovou o mundo da moda ao sugerir combinações consideradas para lá de transgressoras em suas peças que juntavam a tradição japonesa com modelos e cores extravagantes, tendo como base o pink, o laranja e o turquesa. Conhecido também por misturar estampas e variados tons, Kenzo contribuiu com propostas tecnicolor, como o verde hortelã, a mistura do pink com o amarelo, entre outras.

Yves Saint Laurent

Considerado um dos estilistas mais importantes de toda uma era, Yves Saint Laurent também foi um mestre em misturar cores. Sua cartela era normalmente inspirada pelos pigmentos e combinações das obras de artes, tendo como cores favoritas o preto, o bege e o azul marinho. Entre suas influências, YSL se inspirou nas pinturas de Pablo Picasso – seu pintor favorito, de Piet Mondrian, a qual resultou na coleção de “Vestidos Modrian” – uma de suas criações de maior destaque. Feito em Jersey, sua estampa era composta de cores primárias, baseados nos quadros “Composição com Vermelho, Amarelo e Azul”, do pintor holandês. As cores de Andy Warhol, Henri Matisse, Vincent Van Gogh e até mesmo os livros de Marcel Proust foram referências marcantes para o seu trabalho. ​